Brincãodoteca - Creche e Agility para cães na Zona Norte
Rua Cônego Manuel Vaz, 224 Santana - Zona Norte - SP
11 2774-1889
11 99388-6078
Agende uma visita
Home > Blog

5 erros graves na hora de dar banho em casa no seu cachorro

Publicado em 04/09/2018

5 erros graves na hora de dar banho em casa no seu cachorro Você já sabe como dar banho no seu cachorro de forma correta?
 
Produtos para higiene, espaço para banho, visitas ao veterinário e entre outros detalhes, fazem parte de uma lista de cuidados que devem ser empregados para a formação de uma vida saudável para o seu pet.
 
Será que você não comete erros graves no momento de dar banho no seu cachorro?
 
Então acompanhe uma lista com os 5 principais erros que você deve evitar para não prejudicar a saúde do seu cachorrinho.
 

#1 - Shampoo e cosméticos errados para cachorros


Shampoos e cosméticos indicados para seres humanos não podem ser usados em cachorros, por oferecerem uma série de riscos como alergias, irritações e perigos de coceiras constantes que podem gerar graves feridas.
 
As composições químicas desses produtos de beleza são fortes para o tipo de pele dos cachorros. Seus pelos precisam ser cuidados com substâncias mais suaves e próprias, fornecendo limpeza e proteção.
 

#2 – Limpá-lo de forma violenta


Quando você vai dar banho no cachorro com o uso de força excessiva, vai criar uma impressão de que a “hora da ducha” é um momento ruim. Procure usar de delicadeza com o seu melhor amigo. Não perca a paciência com a resistência do seu cãozinho em tomar banho.
 
Cães costumam memorizar certas experiências e comportamentos dos donos e associam de forma positiva e negativa. Se você fica tenso e nervoso no momento de dar banho no cachorro, com certeza ele vai entender que é algo ruim.
 

#3 – Local errado para dar banho no cachorrinho


O seu cãozinho é grande e você vai dar banho nele no tanque? Seu melhor amigo é um baixinho e você vai colocá-lo em uma banheira grande para limpá-lo? Bem, muitos donos pensam primeiro no local que é mais fácil para cuidar da higiene do que no conforto do seu animalzinho de estimação.
 
O cachorro precisa se sentir à vontade e totalmente relaxado com o espaço. Dessa forma, você não terá trabalho para dar aquele trato no seu companheiro de quatro patas.
 

#4 – Dar banho no cachorro com frequência sem consultar um veterinário


Tem pessoas que costumam dar banho no cachorro 1 vez ao dia, 15 ou até 1 vez ao mês. Mas, dependendo das necessidades do seu canino de estimação, pode ser muito ou pouco.
 
O problema de muitos tutores de cães é não consultarem os seus veterinários para essas coisas, por acharem desnecessário.
 
Com a orientação de um profissional, descubra os intervalos corretos de um banho para outro. Dependendo da raça e do porte do animalzinho, é estipulado um período diferente de um banho para outro.
 

#5 – O primeiro banho antes da aplicação da vacina múltipla


Um filhote de cachorro não pode tomar o primeiro banho sem antes ingerir a primeira vacina múltipla, que é fornecida nos primeiros 45 dias de vida. Essa informação é de extrema importância e poucos tutores sabem disso.
 
Essa vacina ajuda na imunização contra doenças perigosas que podem custar a vida do seu cãozinho, sendo elas:
 
  • Hepatite infecciosa
  • Leptospirose
  • Cinomose
  • Parvovirose
  • Coranavirose
 
Após 30 dias da primeira dose, o cachorrinho deve retornar para tomar novamente a vacina múltipla, para reforçar o seu círculo de proteção.
 
No 105° de vida é feita a 3° dose da mesma vacina múltipla. Já no 135° dia, o cãozinho toma a vacina antirrábica.
 
Com dificuldade para administrar as vacinas e dar um banho decente no seu grande companheiro? Se você não tem tempo, é um grande problema que precisa ser resolvido, pois, a saúde do seu cão corre muito risco.
 
Precisa de ajuda? Conheça uma creche para cachorro na zona norte de São Paulo, que será o seu braço direito nos cuidados com o seu cãozinho.
 
Aprenda mais sobre o universo dos dogs! Leia o seguinte post: Meu cachorro não quer comer e está fraco: Você pode salvá-lo.