Brincãodoteca - Creche e Agility para cães na Zona Norte
Rua Cônego Manuel Vaz, 224 Santana - Zona Norte - SP
11 2774-1889
11 99388-6078
Agende uma visita
Home > Blog

Chow - Chow: 10 curiosidades sensacionais sobre essa raça

Publicado em 18/10/2018

Chow - Chow: 10 curiosidades sensacionais sobre essa raça Preparamos uma série de curiosidades sobre a raça Chow-Chow para você aprender mais sobre esse cãozinho de personalidade única e aparência que chama muito a atenção.
 
Vamos falar um pouco da sua origem, de suas características físicas e psicológicas. Citaremos algumas passagens interessantes sobre os seus ancestrais.
 
Na verdade: De onde vem o Chow-Chow?
 
Você vai descobrir detalhes sensacionais sobre a função desta raça nos tempos antigos. Todas as curiosidades estão incríveis, mas você vai gostar muito da curiosidade de número 7.
 
Continue a leitura deste artigo e aprenda mais sobre o Chow - Chow: 10 curiosidades sensacionais sobre essa raça.
 

1 – O Chow – Chow e a língua azul-escuro


O Chow – Chow tem a língua azul-escuro por um detalhe genético que aponta o excesso de células de pigmentação na região da boca, dando essa coloração também a gengiva. Todos os cachorros têm essas células, porém, em menor quantidade.
 
Essa adaptação genética pode ter origem na região de criação dos primeiros cachorros da raça que viviam em regiões com um clima mais polar. 
 

2 – A origem da raça


Segundo estudos recentes as origens da raça Chow – Chow estão ligadas a povos antigos da região da Sibéria e da Mongólia. Alguns definem esse dog como um típico chinês, pois, foi aonde se popularizou.
 
Na China é conhecido como o cão leão empolado, devido a sua vasta pelagem e as características que o comparam ao rei da selva.
 

3 – Não gosta de socialização


Cães da raça Chow-Chow são mais reservados e não gostam muito de fazer amizades. Ficam mais no seu canto e não se empolgam muito em fazer novas amizades, apesar de gostarem bastante de brincar com os seus donos e cachorros que ele costuma conviver em casa por exemplo.
 
Essa postura do Chow-Chow, vem da sua natureza que é mais independente. Na curiosidade de número 7 você entenderá melhor.
 

4 – Sofre com as altas temperaturas


A pelagem desde dog é muito cheia e como ele é naturalmente um animal de regiões mais frias, sente bastante calor em épocas de verão e de altas temperaturas. Em passeios em horários aonde o sol é predominante ele vai sofrer e muito.
 
Provavelmente o Chow-Chow não curte muito uma praia não é mesmo!?
 

5 – Chow – Chow e a Dinastia Han


A Dinastia Han foi muito longa dentro do império chinês.  O Chow-Chow era um animal que servia aos nobres como guardião, cão de caça e até mesmo para transporte. Sua imagem era relacionada a de um leão o que trazia uma credibilidade para a sua posição no reino e diante dos seus donos.
 
Mas ele não tem o focinho empinado. Fique tranquilo. 
 

6 – Experiência Profissional: Puxador de trenó 


Sim, puxador de trenó. Muito requisitado nessa função, sua habilidade de carregar água e alimento para lugares mais afastados era bem valorizada. Quando a China foi invadida pelo império mongol, os cães que acompanhavam os invasores eram os Chow-Chow que puxavam trenós com suplementos.
 
Por isso, o cão se popularizou em solo chinês, segundo a teoria de alguns historiadores.
 

7 – Guardião da família


Devido aos seus instintos que são comuns as suas características que foram sendo solicitadas por seus donos ancestrais ao longo do tempo, esse cão fica posicionado sempre atrás de seus donos para protegê-los. Isso pode ser notado em passeios por exemplo.
 
Um segurança de primeiríssima qualidade.
 

8 – Chow-Chow não é um bom nadador


Já notou que a maioria dos nadadores não tem pelos? Os peixes têm escamas que em contato com a água ajuda em seus movimentos e em sua sobrevivência. O Chow-Chow não nasceu para viver nesse ambiente pelo excesso de pelagem que o torna mais pesado no nado.
 
Talvez um nadador profissional não gostaria de ter esse cachorro.
 

9 – Um cão com diversos tutores ilustres


Elvis Presley, 30º presidente dos Estados Unidos, Sigmund Freud (o pai da psicanálise) e entre outros famosos, eram adoradores declarados da raça. Por serem discretos e com uma aparência que enche os olhos de quem os observa, esse cão nasceu para ser um companheiro das celebridades.
 
Não precisa ser famoso para ter um. Basta amá-lo e ele vai ficar ao seu lado.  
 

10 – Difícil de se adestrar e muito desconfiado


Por ser uma raça independente e que tem uma personalidade muito forte, é difícil dar comandos de obediência. O adestramento desta raça precisa ser feito com especialistas que entendam a sua personalidade.
 
A desconfiança faz parte do seu jeito de ser. Não é com agrados e petiscos que você vai trazê-lo para próximo de você. Essa raça é mais fiel aos seus extintos de servir o seu dono.
 
Gostou de aprender mais sobre essa raça tão admirada? Se você tem um Chow-Chow ou gostaria de comprar um, essas curiosidades vão te ajudar a lidar melhor com esse ilustre cãozinho.
 
Temos conteúdo novo toda a semana para melhorar a sua relação com o seu cachorro.
Abaixo você encontra o link para ter acesso ao admirável mundo cão:
 
- Clique aqui para ler mais matérias do nosso Blog!
- Siga nossa página no Instagram

Até a próxima Doglovers!
 
A Brincãodoteca deseja tudo de bom para você e o seu cachorro.
 
Serviços definitivos para o seu cachorro ser feliz de verdade e viver por mais tempo
 
QUERO SABER MAIS!