Brincãodoteca - Creche e Agility para cães na Zona Norte
Rua Cônego Manuel Vaz, 224 Santana - Zona Norte - SP
11 99388-6078
Agende uma visita
Home > Blog

Como acariciar o dog do modo certo, segundo veterinário canadense!

Publicado em 06/08/2019

Como acariciar o dog do modo certo, segundo veterinário canadense! Que cãozinho civilizado não gosta de um bom carinho?
 
Qualquer ser humano que ama cães, não dispensa a possibilidade de encher um peludo de carinhos.
 
Mas, e o receio de começar a dar carinho em um dog de que você não conhece?  E se ele morder? Bem, ninguém quer arriscar!
 
Em uma matéria para o portal americano, Mental Floss, o Dr. Uri Burstyn, veterinário de Vancouver, passou uma lista de etiquetas para iniciar um carinho em cães desconhecidos.
 
Viu aquele Chow Chow no parque, mas ficou com receio de dar carinho?
 
Depois das dicas do Doutor, você vai ganhar educação e etiqueta canina.
 

1 - Estender a mão e deixar o cão cheirar

Segundo o Dr. Uri Buratyn, comece estendendo a mão de forma cautelosa.
 
Aguarde o cãozinho chegar a sua mão.
 
Sentiu que o cãozinho está cheirando e está se aproximando de você, é a hora de passar para o próximo passo.
 
Ah...a dica a seguir, vai te ajudar a lidar com cães mais ariscos e desconfiados.
 
Vamos aprender qual é?
 

2 – Encolha os dedos (questão de segurança)

Antes de estender o braço para iniciar o primeiro contato com o cachorrinho, encolha os dedos em uma posição para evitar que caso o cãozinho se sinta incomodado e venha a morder, não atinja os dedos.
 
Essa posição dos dedos, evita que o cachorro se sinta motivado a morder de uma forma mais contundente.
 
 
 
 
 
Mas, não comece esses movimentos de aproximação sem o dono dizer a famosa frase:
 
- Ele (a) é manso! Não morde!
 
Com o consentimento, fica mais fácil, mas, calma! Tem mais para aprender!
 

3 – Comece a dar carinho no cachorro por essa área

 
Seguindo os passos anteriores, comece a acariciar o peludo pelo queixo. Além de proporcionar um imenso relaxamento ao canino, ele vai entender como um cuidado e respeito da sua parte.
 
Outra reação positiva que vai gerar neste ser de quatro patas, é de que você não é uma ameaça.
 
O cachorro é um ser complexo em um mar de personalidades diferentes. Dependendo do modo como você se aproxima dele, ele pode entender como um tipo de ataque.
 
Então, siga as últimas dicas que temos para você!
 

4 – Evite lugares vulneráveis ao cão para dar carinho

 
Não comece pela cabeça.
 
Esse movimento gera um comportamento de alto-defesa pelo ângulo de perspectiva do cãozinho, que está sempre em uma posição desprivilegiada em relação ao ser humano que sempre está em uma altura elevada.
 
Quando é o primeiro contato com o dog, evite de já acariciar a barriga, pois a primeira impressão ele pode interpretar de forma negativa, pois é uma área vulnerável do cãozinho.
 
Então, seja mais humilde e vai bem devagar no momento de abordar o dog.
 
Gostou deste assunto? Clique agora na seguinte matéria: Onde o cachorro gosta de receber carinho? Mostre todo o seu amor!
 
Conheça mais sobre a Brincãodoteca! Lugar de cachorro feliz!
 
Clique aqui e descubra!