Brincãodoteca - Creche e Agility para cães na Zona Norte
Rua Cônego Manuel Vaz, 224 Santana - Zona Norte - SP
11 2774-1889
11 99388-6078
Agende uma visita
Home > Blog

Gostamos mais de cachorros do que gente: A explicação cientifica

Publicado em 30/10/2018

Gostamos mais de cachorros do que gente: A explicação cientifica Olá meus queridos Doglovers, tudo bem?

Você é do tipo que confia mais em cachorro do que gente? Vamos te mostrar uma pesquisa que comprova este comportamento pelo lado cientifico. O estudo é americano e foi desenvolvido por acadêmicos da área de psicologia.
 
Garanto que você vai achar muito interessante e vai se identificar com os resultados e com o tipo de método que foi usado.
 
Descubra por que gostamos mais de cachorros do que gente e entenda a motivação nobre por trás desta iniciativa cientifica.
 
Para quem ama cachorro como você, está matéria é um prato cheio.
 

Dog e o estudo americano


Psicólogos de uma instituição de ensino localizada em Boston, nos Estados Unidos, publicaram alguns artigos fictícios na Boston Globe, aonde 256 alunos voluntários, leram notícias de agressões cruéis a dogs, crianças e adultos.
 
O resultado foi o esperado.
 
Houve uma comoção maior com os dogs filhotes e crianças do que os adultos, segundo uma pergunta feita ao final da leitura de cada matéria, questionando o nível de empatia de cada um com a narração dos fatos.
 
Os especialistas fizeram uma análise dos resultados e chegaram a uma conclusão sobre este tipo do comportamento humano. Confira no tópico a seguir.
 

Cachorro x Gente: Análise do comportamento humano 


Cachorros indefesos e bebês, mexem mais com o senso de justiça do ser humano por não terem a capacidade de se defenderem. Adultos por terem uma noção maior de autodefesa, as pessoas não costumam se comover no mesmo nível.
 
A figura de cães pequenos mexem com as pessoas e criam dentro delas um justiceiro adormecido, porém o histórico de maus tratos aos animais cresce cada vez mais. Um fato um tanto contraditório para uma comoção tão grande das pessoas por pets.
 
O que fazer diante deste cenário? A ideia desta pesquisa vai além do resultado, pois tem uma causa mais nobre.
 

Pet e a ideia que pode salvar vidas animais


A ideia dos pesquisadores é através dos resultados deste estudo criar futuramente uma campanha de conscientização focando na vulnerabilidade destes pets para criar um sentimento de proteção e comoção na população, ao invés das comuns cenas de agressão ou cachorros machucados.
 
Cenas mais fortes chocam no momento, e parece que o efeito some depois de um tempo
 
Com a demonstração da fraqueza destes cães, é possível mexer com a imaginação do que poderia acontecer caso não fossem protegidos e tratados com o devido cuidado. Essa técnica de manipulação (no bom sentido) das emoções podem surtir efeito mais positivo para salvar nossos pets tão amados.
 
Falamos sobre a violência de humanos contra cachorros, mas quando seus cães de estimação começam a se estranhar? O que você pode fazer? Leia o seguinte texto: Meus cachorros estão se estranhando: Temos a solução definitiva, e aprenda como parar de vez um UFC Dogs.
 
Até a próxima Doglovers!
 
“Vivemos em tempos apressados e cheios de demandas para cumprir, por isso a Brincãodoteca existe, para garantir a sua tranquilidade no trabalho e oferecer serviços completos como creche, ginástica e banho e tosa...”
 
Conheça mais benefícios!